sábado, 26 de setembro de 2015

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Pinturas sobre madeira - 2015


Mecânica exuberante 19X70























 Recanto do amanhecer 17X70


domingo, 13 de setembro de 2015

Sal da terra

...e devido à falta de terra
fui-me aos peixes e salguei-os


difícil, tão difícil 


ser navio e marinheira
ser uma rota incerta
e também mar


presa ao sal deste universo...


Ana Negrão Ferreira


domingo, 6 de setembro de 2015

À margem

Largas mentes congestiono
enervando as ânsias
em difusos pensamentos


entretanto
espero atenta
a expansão desta esfera complicada de pensar,


mas numa ogiva excitam-se as urgências:
é urgente libertar as congestões
as têmporas-fronteiras rebentar
é urgente esbanjar em todas as direcções
vaguear por toda a parte


tudo aquilo que tenho ganho
em perder o tempo de ganhar
e o tempo que de menos vou ganhando
mas demais o ganha o lento tempo confundido


que a minha história vai tecendo...


Ana Negrão Ferreira